Definindo o Akita 

Incrivelmente Dedicado e Fiel

Todo cão é fiel e companheiro, porém, os Akitas Inú possuem essas características ainda mais afloradas. São cães que historicamente são extremamente fieis e dedicados aos seus donos, seu bem mais precioso será sempre sua família, quem tem um Akita em casa tem o privilégio de descobrir que não há no mundo um amigo mais companheiro e presente, essa parceria entre Akitas e humanos é tão linda que já foi parar nos cinemas, gerou monumentos em homenagem e o amor e reconhecimento de todo o mundo e em especial claro o Japão.

O Akita é um cão silencioso, late bem pouco e apenas em situações que entende como necessário, é um cão que por natureza é muito higiênico, não faz suas necessidades onde se alimenta e gosta de manter tudo limpinho. Reservado, mesmo quando filhote não é aquele cão que irá destruir as coisas de casa, até mesmo suas brincadeiras são menores e menos intensas comparada a outras raças do mesmo porte. Com outras pessoas costuma ser reservado mas nunca agressivo com excessão a casos de perigo.

Higiênico, Silencioso e Reservado

Extremamente Inteligentes

O Akita possui uma inteligência sensitiva apurada, eles percebem rapidamente o que acontece no ambiente ao seu redor, inclusive o estado emocional de seus donos. Em treinos tendem a aprender com facilidade principalmente se os comandos forem utilizados com gentileza e incentivo. O Akita está entre as raças mais inteligentes do mundo.

Não é necessário ter grande espaço

Apesar de grande, o Akita não é um cão espaçoso se adapta muito bem a ambientes menores como apartamentos por exemplo, principalmente porque não costuma latir, é muito higiênico, é uma raça que não deixa cheiro no ambiente, tanto é, que é comum visitas não perceberem que mora um cão em casa. Tanto em apartamentos quanto em casas não só os Akitas mas todos os cães precisam ter uma rotina de passeios diárias para terem seu momento de descobertas e lazer, então, ter um Akita em apartamento não muda muitas coisas.

Ao longo da sua história o Akita foi utilizado como cão de batalha e cão de guarda, porém, com o fim das rinhas a raça teve seu temperamento aprimorado e hoje eles são extremamente dóceis e só utilizam o ataque em extremos casos, como por exemplo, em situações em que percebem que a sua família está em risco, nesses casos chegam a atacar e o seu potencial lesivo é bem apurado apesar de não aparentar.

Guardião do lar e da família

Historicamente especial

O Akita Inú são extramente especiais no Japão tanto que chegaram a se tornar tesouro nacional. Antigamente somente pessoas muito dignas e merecedoras recebiam um Akita como Gratidão. É até hoje a raça mais amada e respeitada por lá é uma figura da história nacional e só quem tem um pode entender o porque ele é realmente tão diferenciado e especial.

 

Características Básicas do Akita Inu

País de Origem:

JAPÃO

Porte:

MÉDIO A GRANDE

Classificação FCI:

GRUPO V

(SPITZ E CÃES PRIMITIVOS)

Expectativa de Vida:

10 A 14 ANOS

Altura de Cernelha:

MACHOS - 63CM A 70CM

FÊMEAS - 59CM A 65CM

Peso:

25KG A 35KG

Pelagem:

PELO E SUBPELO

FARTO E DENSO

Adaptabilidade

Nível de Afeição

Bom para Apartamento

Bom para Casa

Tendência pra Latir

Tendência a Uivar

Territorialista

Amigável com Animais

Amigável com Cães

Amigável com Crianças

Amigável com Idosos

Amigável com Estranhos

Exercícios

Espaço Necessário

Tosa

Problemas de Saúde

Inteligência

Brincadeiras

Queda de Pelos

Necessidade Social

Treinamento

Cão de Guarda

Cão de companhia

Tolerância ao Frio

Tolerância ao Calor

Banhos

 

Conheça melhor as fases da vida de um Akita e reflita antes de tomar a decisão

Fases da vida de uma Akita

Brincadeiras e demonstrações de carinho são típicos da raça durante os primeiros meses de vida do Akita. Nesta fase inicial, a fase de filhote, o Akita estará conhecendo o mundo, formando sua personalidade, seu temperamento. Esta fase também é responsável pela imunização do filhote, seja pela amamentação, seja pela vacinação, seja a adquirida pelo contato com substâncias ou agentes biológicos patológicos ou não.

O Akita filhote assim que chega em seu novo lar, precisará de um tempo de adaptação. Precisará de alguns dias para conseguir fazer suas necessidades no local correto. O choro enquanto o mesmo estiver sozinho poderá ser algo que irá incomodar, porém serão necessários alguns dias até o mesmo se sentir seguro longe do ambiente em que o mesmo nasceu e tinha seus irmãos e sua mãe.

O filhote em seu primeiro ano de vida tem suas fragilidades, a principal é a vulnerabilidade a doenças perigosas como parvovírose, doença esta responsável pela grande maioria das mortes de filhotes de cães no primeiro ano de vida. É muito importante que os proprietários e sua família tenham cuidados preventivos a fim de evitar a contaminação do ambiente em que o filhote vive, tais como: restringir o contato com animais suspeitos que possam portar doenças ativas, não permitir que o filhote tenha contato com pneus e calçados que transitem na rua, não dar banho em petshops, nao deixar o filhote no chão nas consultas veterinárias, etc.

Filhote

 

Pedigree CBKC-FCI / AKIHO

O Pedigree do cão é o seu documento de registro de nascimento, é o documento onde constam todas as informações referentes aos parentes próximos do cão, ao criador de origem, a data de nascimento, ao número de microchip, etc. No Brasil, solicitamos registro de nossos filhotes pela Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), a qual é filiada a Confederação Internacional de Cinofilia (FCI). Algumas de nossas ninhadas podem ter registro de pedigree Japonês, solicitado ao Clube de Preservação da Raça, AKIHO-HOZONKAI, sediado em Odate no Japão.

(Obs.: Não emitimos qualquer documento de Pedigree, somos filiados as entidades cartoriais, ou seja, não somos cartório de registro.)

chieko.jpg

Pedigree CBKC-FCI

Haya.jpg

Pedigree AKIHO